PRINCÍPIO DA SEMANA #187

cui·dar- Ter cuidado em; Tratar de; Interessar-se por; Trabalhar; Julgar-se; Ter-se por; Tratar-se.

Amar, gostar, adorar. Palavras, verbos, que utilizamos normalmente para expressar os nossos sentimentos. Muito pouco se ouve dizer- Eu cuido- de mim, de “ti”, “daquilo”. Aprofundando a sua dupla definição, como verbo transitivo, diz-nos que cuidar é tratar de alguém, garantindo o seu bem-estar, segurança, etc.; Tomar conta de; Garantir a preservação de algo; Ocupar-se de; Responsabilizar-se por; Dedicar esforço e tempo (a algo) com determinado objectivo; Prestar atenção a; Reparar; Ter interesse por. Como verbo pronominal: ter cuidado consigo mesmo; tratar de si. 

"Quem ama cuida". Verdade absoluta, na minha opinião. Dos meus verbos preferidos e tão pouco usado ou sentido. Parece-me que seja transitivamente ou pronominalmente cuidamos pouco. De nós, dos outros. Talvez porque exija algo que nos esquecemos ou não nos apercebemos. Dedicação. O tal “tempo a algo”, sem esperar nada em troca. Cuidar envolve percepção do outro, muito tacto, empatia e simplicidade para aprender e respeitar, sem superioridade, nem muito menos  facturas. 

Por outro lado, muitas vezes, também não nos deixamos ser cuidados. Ser cuidado requer humildade para aceitar o momento de possível carência e acima de tudo estar aberto a receber. A palavra-chave aqui é sensibilidade. É a única "ferramenta" que nos ensina a diferenciar o momento certo de ser um ou outro.

É bom ser cuidador, é para mim a expressão máxima de gostar, amar, querer o bem de alguém, mas também é bom sermos cuidados e principalmente não nos sentirmos mal por isso. É fundamental sentirmos que somos merecedores desse mesmo cuidar. O desafio é encontrar o tal ponto de equilíbrio, o que muitas vezes não é fácil, pois agimos sob determinados padrões que nos levam a seguir verdadeiros rituais de comportamento, no entanto, penso que, se reflectirmos sobre o assunto e mesmo que um deles prevaleça dentro de nós, será mais fácil existir uma harmonia que nos permita, por vezes, sermos cuidadores e outras vezes fazer parte do segundo grupo. ➸ [Simples assim].

"Amar é um cuidar que se ganha em se perder" L. de Camões 

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top