HUBERT DE GIVENCHY

"Sou feliz, porque tive o trabalho que sonhei em criança". Incontornável ícone e lenda da moda, o seu interesse pela alta- costura começou por volta dos 10 anos ao visitar uma exposição de figurinos dos mais famosos estilistas franceses. 

Apesar de ter começado em Coco Chanel, foi Givenchy que popularizou e ajudou a criar o mito, e ainda hoje item básico de qualquer guarda-roupa, o LBD (Little Black Dress). Sobre esta peça dizia algo que repito frequentemente- "O vestido preto é o mais difícil de conseguir, porque é preciso mantê-lo simples". Vestiu várias personalidades e também elas ícones da moda como Jackie Kennedy, a princesa Grace do Mónaco e Audrey Hepburn, ficando conhecido pelos vários modelos criados para a actriz, e musa inspiradora, imortalizados em filmes como "Bonequinha de Luxo" ("Breakfast at Tiffany's"), em 1961. 

Pessoalmente partilho do seu gosto pela estrutura minimalista das roupas, fruto da influência de Balenciaga, o seu grande mestre, segundo declaração feita pelo próprio. Personalidade, homem, para lá de inspirador e de uma elegância exímia, que tive o privilégio de, em Junho de 2015, ver e ouvir aquando da sua visita a Portugal e participação na "Belas Talks", momento que não esquecerei.

"A minha é a mais bela profissão da moda: fazer os outros felizes com uma ideia".

Imagem © Direitos reservados

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top