PRINCÍPIO DA SEMANA #147

o·pi·nar - Formar juízo; Dizer manifestando opinião; Dar o seu parecer.

Dar a nossa opinião está na ordem do dia, sobretudo num dia como o de hoje. Isto porque ontem |e para quem o evento passou totalmente ao lado| foi a noite dos globos de ouro, o único evento anual minimamente "à Hollywood" que temos em Portugal. Sendo o opinar algo que todos fazemos a toda a hora e instante, sobretudo graças às redes sociais, hoje é o dia, por excelência, em que todos, entendidos ou não na matéria, somos críticos de moda e de imagem.

É só entrar no facebook ou fazer uma pesquisa no google e aparecem todo o tipo de textos sobre os mesmos, carregados de opiniões. Opinar é um direito que, felizmente e já há muitos anos nos assiste, mas a linha que separa muitas vezes o opinar do julgar é mesmo muito fina, sobretudo e volto a repetir num "day after globos de ouro", evento que, de ano para ano, mais parece um convite à população, deste género: Queres opinar, à vontade? "Escrever o que pensas? O que pensas que sabes e o que sabes que não sabes? Então hoje é |teu| dia!"

Muito há para dizer sobre determinadas apresentações e posturas, pois parece que há pessoas que se põem a jeito de propósito, género "deixa cá ver o que vão escrever sobre isto" e, é também verdade que o humor inteligente é, de facto, aquele que prende, mas e ainda assim parece-me que, cada vez mais, se assiste ao uso excessivo e abusivo, da liberdade de expressão, ou neste caso da escrita, na medida em que nos esquecemos muito da máxima "não faças aos outros o que não gostavas que te fizessem". É verdade, que tanto a nível pessoal como profissional, assistir aos globos de ouro também me provoca, 90% do tempo, dores nos olhos mas, para além de ninguém me |nos| obrigar a ver, tento-me concentrar e dar mais importância aos bons exemplos mesmo que estes sejam ainda uma excepção e não a regra. Serei a única a fazê-lo? Porque será que assim como as más notícias nos telejornais têm sempre maior lugar de destaque, opinar no sentido negativo, o dizer mal mesmo, é sempre muito mais fácil que opinar no sentido positivo e justificar, o porquê? Não sei, tudo isto é apenas e, lá está, a minha opinião.

Imagem © Direitos reservados

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top