PRINCÍPIO DA SEMANA #71

hu·mil·da·de- (latim humilitas)- Qualidade de humilde; Capacidade de reconhecer os próprios erros, defeitos ou limitações; Modéstia; Simplicidade.

Sem dúvida a qualidade que mais aprecio e reconheço em alguém. É difícil ser humilde numa sociedade que cada vez mais nos encoraja a competividade e a nossa individualidade. Ainda assim, a humildade continua a ser uma das mais importantes virtudes que devemos cultivar. O aprender a ser humilde, mais uma das coisas que por norma ninguém nos ensina, é de extrema importância na medida que noa ajuda a desenvolver relacionamentos bastante mais positivos e enriquecedores. 

O que observo, e muito, é que quem não o é, e não o sabe ser, e muito menos tem consciência disso, pensa sempre, ou quase sempre, que já sabe tudo e que não tem nada, ou assim já grande coisa, para aprender com ninguém e este tipo de pensamento impede a nossa natural evolução. Quem não é humilde fica fechado em si próprio e nas suas certezas e "verdades", não evolui e nem se apercebe disso. Ser humilde é algo que precisa ser trabalhado diariamente e é preciso ser forte para o fazer. Pois quem pensa a modéstia tem a ver com ser "tolinho" ou com factores de ordem financeira, está mesmo a anos- luz de perceber então do que se trata. Curiosamente das pessoas mais humildes que conheço pertencem a uma categoria totalmente oposta de tolinhas e com poucos recursos financeiros, pelo contrário, por isso a humildade define-se e muito bem por um “atributo característico de quem possui o conhecimento sobre os seus próprios limites” e é mesmo só do conhecimento e reconhecimento destes limites que se trata toda esta questão. 

É, portanto, necessário ser (muito) humilde para reconhecermos que errámos e que temos de mudar, pois é fácil, muito fácil, cairmos em tentações do ego e no síndrome de Gabriela que nos faz pensar "eu nasci assim, eu cresci assim, vou morrer assim”, ou então a também célebre "Eu é que sei". (Duas das frases que mais me arrepiam ouvir). Confesso que tenho uma enorme, para não dizer gigante, dificuldade em lidar com pessoas que pensam assim e que têm este tipo de postura, reconheço que sim, que tenho e que as "topo" à distância e é sempre um enorme desafio interno ter que lidar com elas. É algo que mexe mesmo muito comigo pois contraria tudo aquilo que sou e defendo.

Para ser humildes é imperativo aceitar a opinião dos outros, mesmo que nos pareça aberrante e principalmente ouvi-la! Seja em que ambiente e situação for- familiar, profissional, amoroso ou social. A humildade que comporta o saber ouvir é o caminho para que tudo se encaixe e equilibre.

"Seja humilde, pois até o sol com toda sua grandeza se põe e deixa a lua brilhar". Bob Marley


Imagem © Direitos reservados 

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top