Sobre ir às compras sob pressão

Não, não vou dissertar sobre o que se deve ou não usar num casamento. Apenas peguei nesta pergunta para falar sobre esta é uma das maiores interrogações que temos quando sabemos que temos de ir a um. O que usar, que cores e onde ir à procura. Tudo, na maior parte das vezes, dores de cabeça, garantidas!

Ontem apercebi-me de que estou a poucos dias de ter um casamento e como tal, estas mesmas perguntas começaram a apoderar-se de mim. Decidi-me por um vestido e pensei nos que tenho. Ao contrário do que normalmente penso, e como acho que seja habitual, entre vocês desse lado, cheguei à conclusão de que o melhor era procurar lá fora o que penso não ter no meu roupeiro. Assim saí de casa com a firme certeza de que algo que gostasse e que visse que era aquela peça, viria "ter comigo", como sempre acontece. A questão é que quando temos "a obrigação de" tudo muda. Por isso o que normalmente seria uma simples ida às compras cedo se transformou em horas de irritação. E é porque ainda não é bem isto, é giro mas falta aqui qualquer coisa, não é a cor, o comprimento, o tecidoo corte certos.... E se comprasse apenas uns sapatos e levasse com aquele vestido que tenho lá em casa? E que clutch levar aqui? E acessórios??? Tantas interrogações para tão pouco tempo e paciência (que cedo se começa a esgotar). A pressão muda (mesmo) tudo.

A parte engraçada e que me fez rir com esta minha "aventura"? Saí de casa para comprar (apenas) um vestido e trouxe umas calças, uma camisa, dois cintos e uma clutch, para casa! E este é outro dos fenómenos que certamente já vos aconteceu, pelo menos uma vez na vida. Saímos com um propósito, um objectivo e voltamos com uma série de outras coisas que estavam longe de ser necessárias ou pelo menos para já. Conclusão a retirar: Afinal (e como sempre) tinha, em casa, tudo aquilo que preciso.

Imagem © Direitos reservados

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top