Princípio da Semana #58

o·bri·ga·do(a)- Que se sente devedor por ter sido alvo de uma atenção; Agradecimento; Expressão usada para mostrar gratidão.

Uma palavra tão simples contudo tão cheia de significado. Dizer "obrigado" faz bem a quem o diz e melhor ainda a quem o ouve.

Ando há algum tempo a pensar que esta é uma das palavras que mais dizemos no dia-a-dia, mas que na maior parte das vezes não pensamos ou neste caso não sentimos o seu verdadeiro significado. É preciso aprender a verdadeira importância do acto de agradecer, diria que é urgente até. Parece-me que a maior parte das vezes em que o fazemos ou dizemos é porque nos sentimos, por uma questão de educação, obrigados a dizer obrigado...

O obrigado a que me refiro hoje não é este, não é o obrigado que dizemos a quem nos segura a porta do prédio, do elevador, do centro comercial, a quem nos dá os sacos das compras ou quem nos apanha algo que deixamos cair no chão, é um bem diferente. É aquele que devemos sentir todos os dias, o obrigado por termos tudo aquilo que temos, o obrigado por vivermos no país que vivemos, o obrigado pelo dia de sol fantástico que está hoje, o obrigado por termos Amigos, família, o obrigado por haver quem se preocupa connosco, o obrigado por sermos queridos, o obrigado por termos "aquela" pessoa (ou ser) na nossa vida, o obrigado por termos saúde, mobilidade, visão, afectos, em última instância o obrigado por estarmos vivos e podermos sentir e vivenciar isto tudo... E há tantas formas de o fazer, sem sequer termos que usar a própria palavra, é só verdadeiramente sentirmos este sentimento de gratidão dentro de nós e o resto serão comportamentos, gestos, palavras, atitudes naturais.

É certo que isto é um tipo de comportamento que devemos começar a aprender na infância e que nem sempre isso acontece. É certo também que não temos tudo o que queremos, ninguém tem e é muito mais fácil criticar o que está mal, e pensar no que não temos e nos faz falta, do que no que temos, pois como humanos temos uma tendência natural para isso. Para não valorizar e sim suspirar pelo que (nos) falta. Dizer obrigado é uma forma de passar gratidão. É, acima de tudo, um acto de dar e receber e este é um exercício de amadurecimento e de humildade também. Sentimentos como o orgulho ou o egoísmo, que todos temos um pouco, muitas vezes impedem-nos de o fazer e de dizer as tais palavrinhas mágicas como obrigado ou por favor, mas esta dificuldade pode e deve ser trabalhada pois, felizmente para nós, estamos sempre num processo evolutivo.

Apesar de já há muito tempo esta ser uma prática diária para mim, o de agradecer interiormente tudo o que tenho, neste momento e depois de sexta-feira passada sinto-o como algo que me inunda e preenche de uma maneira muito forte. Sinto-me muito grata por todos os momentos que fizeram parte daquele final de tarde, por cada mensagem de Parabéns que recebi, durante toda a semana e particularmente por ter tido a presença de todas as pessoas que se deslocaram até ao sítio onde estava para comigo comemorarem estes meus últimos (tão importantes) 6 anos de vida.

Hoje lembrei-me que há coisas que nunca nos podemos esquecer. Agradecer é uma delas. Por isso digo: Obrigada, de coração cheio e sorriso (muito) largo. 

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top