Princípio da Semana #49

op·ti·mis·mo- Costume ou sistema de achar que tudo é ou resultará o melhor possível; Confiança no porvir; confiante, esperançado, esperançoso e positivo.

Tenho vindo a reparar numa maior ligação das marcas com princípios de vida positivos, nomeadamente esta nova campanha da Sumol que é, sem dúvida, um óptimo exemplo disso. De facto, "o optimismo sabe melhor" e depende sempre da nossa forma de pensar e de olhar para as coisas, principalmente para os problemas e obstáculos que nos vão aparecendo que às vezes são mais que muitos. É muito "fácil" ser pessimista é como se estivesse no nosso Adn e ser optimista pode ser a maior dificuldade da vida. Depende de inúmeros factores. 

Fazendo uma pequena análise a este novo ano, que já vai a mais de meio, diria que após 4 anos de uma grande nuvem de crise e consequente pessimismo, 2015 trouxe novos ventos e perspectivas. Digo mais, à semelhança da moda que todos os anos tem diferentes tendências sinto que ser optimista é uma tendência de pensamento para este ano. Há razões para isso. A título de um exemplo muito "light" em 2014 tivemos 256 dias de sol, que em 365 não é mesmo nada mau! Cada vez mais temos uma maior preocupação com o nosso Eu, com a nossa imagem também- Praticamos mais desporto, comemos melhor. Temos mais preocupações ambientais, somos mais solidários. Tudo sinais de melhorias e tudo fontes de optimismo para encarar o futuro.  

Temos muita fama de sermos pessimistas, cinzentos até, mas vendo bem e estatisticamente falando não somos assim tão diferentes dos restantes países, já que, segundo estudos, apenas 12% da população mundial é optimista. Ou seja, apenas 12 em cada 100 pessoas encaram com esperança o dia de amanhã. Estudos revelam que o optimismo está relacionado (também) com a idade. Curiosamente, ou não, quando somos mais jovens e pelo contrário, mais velhos, somos mais optimistas que as pessoas de meia-idade.

Precisamos (muito) de acreditar que tudo vai melhorar. Para isso, é muito importante cultivarmos o nosso sentido de humor, diria que é a principal arma contra o pessimismo. O humor leva-nos a relativizar o mau, a encará-lo de forma mais leve, diminui também o nosso medo, já que acima de tudo, ser optimista é um acto de coragem (em querer fazer parte dos tais 12%). Muito importante também (e nunca é demais relembrar) é rodearmo-nos de pessoas que nos fazem bem. Pessoas positivas, as tais que os trazem valor acrescentado. A má energia, o pessimismo é contagioso, mas o optimismo e sei por experiência própria, também é! Quando estamos com energia positiva, optimistas portanto, atraímos coisas e acontecimentos bons para nós. 

O Verão está aí para nos ajudar, pois todos sabemos que quando está sol naturalmente estamos mais felizes.
"Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for". F. Pessoa

Imagem © Direitos reservados

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top