fevereiro 27, 2015

Novidades em Março...




Imagem © Direitos reservados

Achados nos Saldos #77

Saia- 3,99€; Cinto- 1,99€ (Lefties); Sabrinas- 5€ (Seaside).

fevereiro 26, 2015

Sobre a Consultoria de Imagem #35

"Ao fim de 22 anos anos da minha vida a trabalhar naquele mundinho menos criativo e jovial dos tailleurs com a camisa e pouco mais, resolvi aceitar novos desafios onde o meu dia-a-dia se faz rodeada de pessoas do mundo da moda, da cosmética e com um modo de estar completamente diferentes, onde para ser sincera me sentia um pouco desconfortável. Para ajudar a este cenário mais cinzento em que me encontrava, engordei bastante nos últimos dois anos e a mulher q até então se vestia com muita facilidade passou a ter alguma dificuldade na escolha da roupa.

Quando me ofereceram um voucher para uma Consulta de Imagem fui invadida por um misto de sensações, por um lado bastante contente por outro apreensiva por ir partilhar algo da minha intimidade com uma pessoa que não conhecia…

No final da 1ª sessão, tinha mudado completamente de atitude e o receio inicial tinha desaparecido, graças à simpatia e à vontade que a Babi nos transmite, com a convicção plena de que é de facto alguém credível na matéria. As perguntas dão pano para mangas e fazem- nos reflectir inclusive sobre coisas a que normalmente não ligamos e que no fundo farão toda a diferença. Logo para começar bem foi o olhar para mim e dizer :”Essas camisolas de lycra de gola alta vai tudo para dar”.

- Pensei, meu deus, o meu roupeiro vai ficar vazio!!

Na visita ao meu roupeiro, estava já super entusiasmada, foi um experimentar de roupa sem fim e eu que no início achava que ia ficar sem roupa para vestir, acabei o meu closet cleaning com uma lista de compras muito reduzida e com um sem fim de conjugações com peças que eu já tinha em casa.

No final o bom gosto até estava lá, apenas um bocado desnorteado… LOL. Falta-nos a ida às compras mas estou certa que vai ser o fechar com chave d’ouro. Para já, valeu e muito, pela pessoa fantástica que fiquei a conhecer e pela confiança e auto-estima que reencontrei. E senão por tudo isto, vale a observação do maridão e dos filhotes:

-Mamã, estás diferente e para melhor!!

Obrigada Babi"

(Muito) obrigada eu Fernanda! 

Imagem © Direitos reservados

fevereiro 25, 2015

Beauty Tea com a Artistry e Beautycycle

Amanhã por volta das 18.30 sou a anfitriã de um encontro muito especial. Entre chávenas de chá, vão ser partilhados conselhos de beleza para que todas as participantes aprendam a cuidar melhor da pele. Por isso tragam Amigas e venham terminar o dia de trabalho em beleza!

O encontro tem lugar no espaço Just A Showroom que oferece o chá e as análises de pele a todas, bem como vouchers de desconto em cosméticos Artistry e Beautycycle. Esta análise de pele é um teste que todas nós deveríamos fazer pois em se tratando da pele do nosso rosto, os cuidados nunca são demais. Para além da análise, ficamos a saber exactamente quais as zonas problemáticas e como as devemos tratar. Já fiz e já tenho o meu diagnóstico e "receituário" de tudo aquilo que necessito para ter uma pele ainda mais saudável.

Limpeza e Tonificação
Hidratação e Protecção
 
Tratamentos específicos
Detalhes: Horário- 18.30-20.30; Morada: Rua Fradesso da Silveira, nº6 Loja B- Alcântara- Lisboa.

Quem não conseguir ir amanhã, mas quiser fazer o teste (totalmente gratuito), pode-me contactar para marcação: babiaunica@gmail.com

Imagens © Direitos reservados

Achados nos Saldos #76

Mango- 4,95€

fevereiro 24, 2015

Passatempo Creme em Gel para a Celulite "TimeWise Body Smooth-Action" Mary Kay

O "TimeWise Body Smooth-Action" é o primeiro produto da marca direccionado para o combate à celulite, tendo sido formulado e testado profundamente para oferecer os benefícios que todas nós desejamos: reduzir o aspecto da celulite e tornar a pele mais suave e firme.

Um estudo feito e desenvolvido pela Mary Kay, diz que mais de 100 mulheres afirmaram que depois de utilizarem este creme em gel, durante nove semanas: 86% sentiu maior confiança com o aspecto do seu corpo, 87% sentiu mais confiança para utilizar calções ou fato de banho, e 83% sentiu confiança para mostrar mais as pernas.

Estou a usá-lo há já algumas semanas e ao contrário de outros produtos que já experimentei e que há as centenas no mercado, o "Timewise Body Smooth-Action" não necessita de técnicas de massagens intensas para oferecer resultados. Deve ser (preferencialmente) aplicado duas vezes ao dia, nas zonas problemáticas, como se estivéssemos a aplicar uma loção para o corpo, massajando a pele até que o produto seja totalmente absorvido e não tem qualquer tipo de odor. Outra das suas grandes vantagens é o facto de não termos que esperar tempo para nos podermos vestir. (O que de manhã, convenhamos, dá um jeitão, pois não temos propriamente tempo a perder...).

Uma vez que estamos quase já a entrar em Março, e é mais do que altura de começarmos a pensar no Verão é tempo de tomarmos as medidas necessárias para combater esta nossa grande inimiga que se instala nas zonas mais problemáticas do corpo – quadris, coxas e nádegas. Por isso e em conjunto com a marca, tenho 3 "Timewise Body Smooth-Action", no valor de 45€ (cada), para vos oferecer.

Regras de Participação:

1- Ser seguidora do blog através do "Google Rede Social" (Clicar onde diz "Aderir a este site", na barra lateral esquerda do blog);

2- Clicar no "gosto" da página de Facebook do Blog: www.babiaunica.com;

3- Partilhar o passatempo no mural de Facebook;

4- Preencher este formulário até ao próximo dia 10 de Março. (As 3 vencedoras serão encontrados através do sistema Random).


Nota: Podem participar as vezes que quiserem, desde que de todas as vezes preencham o formulário e partilhem o passatempo no v/mural de Facebook

fevereiro 23, 2015

Princípio da Semana #30

 
fe·li·ci·da·de- Conjunto de circunstâncias que causam ventura; Estado da pessoa feliz; Sorte; Bom êxito; Característica ou condição de feliz; Sensação real de satisfação plena; Estado de contentamento; Satisfação.

Muito se fala e sempre se falou sobre esta palavra. A ideia e estudo da felicidade não é uma coisa recente, acompanha o ser humano há muito tempo e faz parte da sua história, desde a Grécia Antiga. Existem toda uma série de livros, pensamentos, teorias sobre o "tema" de tal forma, que diria que será por ventura "a" obsessão humana. Também devido a esta obsessão, muitas vezes parece-nos apenas um conceito. Algo a alcançar. Um dia. Um dia seremos felizes. E pensamos em múltiplas maneiras de o ser. Em tudo o que temos de fazer para alcançar este determinado estado. E aí pensamos, também, em tudo o que nos falta. Em tudo o que não temos e que precisamos de ter e fazer para ser felizes. A relação, o emprego, a casa, os filhos, as férias, o carro, a estabilidade, etc... Calendarizamos a felicidade como se fosse meramente uma meta, um objectivo a alcançar.

Não há receitas e a resposta ao que é a felicidade varia de pessoa já que a felicidade, num certo sentido, é algo individual, pessoal e intransferível. Por outro lado, há uma ideia de felicidade que pertence ao senso comum e é compartilhada pela esmagadora maioria das pessoas: felicidade é ter saúde, amor, dinheiro suficiente, etc. Dentro desta ideia generalista, oiço muitas vezes que a felicidade é um estado de espírito e que ninguém é feliz a 100%, nem a toda a hora. Pois eu digo que a felicidade é também uma escolha. Só e apenas isso. Pode parecer algo redutor, mas não é. Pelo contrário. Esta escolha obedece a um grande trabalho interior que vamos fazendo connosco, ao longo da vida e 24h do dia.

Felicidade para mim é, acima de tudo, uma sensação plena de bem- estar, comigo própria. É ser incondicional. É ser apaixonada por mim e por tudo o que me rodeia. É sentir alegria e não ansiedade e ralação ao que há-de vir. É sentir que sou capaz de "controlar" os acontecimentos, mas deixar espaço para o inesperado e isso não ser uma fonte de frustração. Felicidade é perceber que a minha vida, o meu presente, é resultado dos meus actos e não dos outros, à minha volta. É ser capaz de escolher e de tomar as minhas decisões sem interferência de terceiros. Felicidade para mim é simplesmente aceitar, amar quem sou e o que sou, com todos os pontos mais e menos positivos. 

A minha interrogação é: Porque é que é tão difícil, porque é que nunca, ou raramente nos permitimos (e a palavra é mesmo permitir), apenas ser e sentir o que somos e que temos em nós, na nossa vida e simplesmente com isso sermos felizes? E se, mas apenas e se, nos permitirmos ser felizes hoje, agora neste momento, em que sentimos que nada nos faz falta. E se esse momento, esse tal "nirvana", passasse a ser o nosso estado natural, o nosso estado "normal", permanente e em que nos sentimos completos. 

Dá algum medo, não dá? 

"Porque não há nada que seja bom ou mau, é o pensar que assim o torna"- W. Shakespeare

Imagem © Direitos reservados

fevereiro 22, 2015

fevereiro 20, 2015

Workshop de Consultoria de Imagem e de Desenvolvimento Pessoal- "Love Yourself" em Imagens

Foi uma tarde fantástica e que sobretudo passou muito rápido. Quando estamos felizes, o tempo não passa a correr, simplesmente voa! O Workshop "Love Yourself", foi um sucesso graças às participantes sempre super atentas e cheias de perguntas. Aprendi e passei também muito conhecimento e esse era o objectivo. (As peças que veêm nas imagens pertencem à nova colecção da Benetton e da Sisley, que estão, ambas, com colecções lindíssimas).

Obrigada a todas e especialmente ao "BI Concept" e à "Little Dreams", que fez estas fotos fantásticas.

fevereiro 19, 2015

Oysho SS 2015

Agora que parece que a Primavera parece querer dar o ar da sua graça, já começa a apetecer (e muito) espreitar o que há de novo por aí. A Oysho traz-nos uma colecção para esta Primavera- Verão cheia de peças e acessórios super apetecíveis, como já vai sendo hábito. Deixo-vos algumas imagens do dia da apresentação:
  A conhecer numa das muitas lojas da marca.

Crónicas da Inês #14

Relações

A propósito do dia de S. Valentim e das declarações no Papa Francisco sobre a tendência generalizada para banalizar o amor reduzindo-o somente ao aspecto sexual, penso que é uma boa altura para partilhar a minha visão de alguns comportamentos e dinâmicas de relações amorosas que tenho vindo a observar cada vez mais.

Não sei se é geracional mas verifico, principalmente em homens e mulheres dos 30 aos 45 anos, a indisposição universalizada para o não compromisso, i.e., para a proliferação de relações “light”, cenas, amizades coloridas (tantos rótulos, haja criatividade!) em detrimento do namoro. E quando penso que razões podem conduzir a esta alergia em assumir-se perante alguém, a entregar-se, ter-se, amar e ser amado, sem restrições, acabo sempre por cair em três ou quatro: medo, insegurança, egoísmo e/ou inexistência de um sentimento forte o suficiente (chamemos-lhe paixão ou amor) para trazer a outra pessoa definitivamente para dentro da sua vida. E a verdade é que isto não é exclusivo do género masculino ou feminino. Todos, homens e mulheres, na sua maioria, carregam esta insuficiência que os impede de dar o passo seguinte.

Gostava que fosse tempo em que as pessoas deixassem de ser cépticas e parassem de viver relações apenas dentro de quatro paredes e em privado. Algumas, relações de anos. Que dessem as mãos em público e aceitassem as características essenciais de beleza de um relacionamento (daqueles “sério sério”) e abraçassem o companheirismo, a fidelidade e a responsabilidade. Que isto de uma relação é mais do que um momento; e que relações novas não carregam a bagagem de relações anteriores; e que as relações passam por muitas fases (ansiedade, euforia, ansiedade, excitação, paixão, conforto, ciúme, felicidade) e que temos de nos permitir viver esses estados, sem bloqueios e expectativas.

São as relações que nos fazem crescer, por isso arrisquem. Vivam. Relacionem-se.
Deixem os vossos comentários e opiniões sobre este tema na caixa em baixo. Vou adorar conhecer a vossa perspectiva sobre esta matéria!

Imagem © Direitos reservados

fevereiro 18, 2015

Achados nos Saldos #75

Clutch- 6,49€; Porta-Moedas- 4,99€- Mango Touch

fevereiro 17, 2015

fevereiro 16, 2015

Princípio da Semana #29

tro·pe·çar- Dar com o pé involuntariamente em algum obstáculo; pisar em falso: Esbarrar; Encontrar algum obstáculo inesperado; Colidir ou embater em;

A vida é feita de tropeços. Todos tropeçamos. Todos os dias e a toda a hora. Tropeçar faz parte e é necessário para o nosso desenvolvimento, como seres humanos e sociais que somos.

Em cada tropeço há uma lição a aprender, única e bastante importante, embora muitas vezes demoremos muito tempo, anos até, a perceber qual era, e o que tínhamos ali a aprender. Acredito também que enquanto essa aprendizagem não é feita, vamos dando os mesmos tropeços até isso efectivamente acontecer em nós. Muitas vezes estes tropeços até acontecem quando achávamos que estávamos no bom caminho, e mesmo assim tropeçámos. Quando menos esperamos, tropeçamos. Voltamos a repetir as mesmas acções que nos levaram a esse tropeço e tropeçamos uma, duas, três vezes e achamos, legitimamente, que caímos e que não nos vamos conseguir levantar. Mas, e o que é um facto também, é que para “ganharmos” o que precisamos e queremos, temos que “perder” o que já temos. E muitas vezes este perder pode implicar mesmo perdas em vários campos da nossa vida e não é (nada) fácil passar por todo este processo. Não é. Tropeçar, cair, e ter a capacidade de nos levantarmos é bastante doloroso. Mas, tudo depende da nossa capacidade interior de reagir perante as quedas. Existem as pessoas que caem e reclamam da queda e as que sabem que mesmo caindo, podem e devem reerguer-se, aprendendo naquele momento uma lição de vida.

Na verdade, precisamos mesmo de tropeçar para ganharmos confiança nos nossos progressos. Como uma criança que lida com os tropeções tão bem até aprender a andar. E nós, enquanto adultos, também vamos aprendendo a caminhar, ou a reaprender. Todos os dias, reaprendemos. Tropeçar não é apenas cair, e muito mais que isso, faz parte do andar.

O importante é despertarmos a nossa consciência e aprender a cada queda, a cada tropeço e reter os erros que vamos cometendo. Os tropeços são acima de tudo experiências e ensinamentos que não vão sendo passados. Quando a tristeza por qualquer motivo quiser nos quiser "levar", há que nos levantarmos e sentir o ar, a vida que existe "lá" fora. Muitas vezes basta observar o que nos rodeia, a natureza das coisas mais simples, como um céu azul estrelado para percebermos que a natureza que foi feita inteiramente para nós. E com isso sorrimos e às vezes basta um simples sorriso nosso para curar ou ajudar a curar uma dor, um pensamento negativo, cicatrizar uma ferida, alegrar, no fundo, o nosso coração.

O importante é ter coragem e acreditar que tudo, está no caminho certo. Porque, aquele "um dia", vai chegar. Aquele instante que existe na vida de todos nós, chamemos-lhe o click. Aquele momento verdadeiramente mágico em que damos o verdadeiro "trambolhão" das nossa vidas. Aquele momento em que tropeçamos em algo ou alguém que faz com que tudo fique claro e transparente em nós, na nossa vida. Aquele momento em que percebemos tudo. Que todos os nossos tropeços serviram para nos levarem exactamente "ali", e tudo começa a fazer, verdadeiramente, sentido. Passamos a nos sentir no carril, no caminho certo e quando esse momento se dá percebemos que todos os nossos tropeços, todas as nossas quedas, foram o melhor que nos podia ter acontecido.

"Cada vez que caiu levanto-me mais forte..."- L. Pereira

Imagem © Direitos reservados

fevereiro 15, 2015

fevereiro 14, 2015

Passatempo "Por Ti Perco a Cabeça!"- O Resultado


Hoje e como prometido, eis as 13 e não 10 (como tinha sido anunciado), frases vencedoras do Passatempo "Por Ti Perco a Cabeça!":

"O que ele me escreve, as metáforas, os jogos de palavras, a conversa inteligente e exigente"- Inês S.

"O cheiro a pasta dos dentes a sair da sua boca"- Cristiana H.

"Aqueles olhos grandes e verdes, com longas e lindas pestanas, aquela barbinha sexy ainda a crescer, e aquele sorriso lindo que me dá quando olha para mim. Quem não perderia a cabeça"- Elma P.

"Perco a cabeça, quando o fogo do seu olhar encontra o meu, nesse momento tenho a certeza que tenho de arriscar, só é fogo se queimar"- Sara F.

"O primeiro mandamento para ser amada é arranjar um homem que nos faça rir, pois o sentido de humor é o que me dá mais calor!"- Sónia G.

"Tudo. Demoraria horas a descrever todos os sentimentos que ela faz extrapolar do meu corpo. Namoramos há cerca de cinco meses, mas, e não digo isto apenas porque estou apaixonado, ela é a mulher da minha vida. Houve logo aquele click na primeira vez, que nunca mais saiu da cabeça. Ela é-me tudo. É muito parecida comigo e, além disso, conseguiu convencer-me de uma coisa, se for realmente necessário: de ir viver para o estrangeiro com ela. Porquê? Porque a amo- Alexandre S.

"Sempre que diz que me ama e que o nosso amor vai ser como um conto de fadas: Para sempre e com final feliz!"- Mónica B.

"Perco a cabeça quando faço um risotto requintado e ela olha para aquilo e chama de jardineira"- Marcos P.

"Ela faz-me perder a cabeça quando estou concentrado a jogar no PC e, de repente, só vejo lingerie preta refletida no ecrã"- Fábio L.

"Nela tudo é especial... o sorriso, a cumplicidade, a beleza e a simplicidade! São as conversas, são os silêncios, os olhares trocados à distância de um skype, e em cada reencontro... bom em cada reencontro a chama da paixão reacende-se num infinito fósforo de amor!"- João R.

"Todas as vezes em que ele me faz ficar furiosa, discutimos e no final apercebemo-nos que somos tudo um para o outro. Perdemos a cabeça na raiva e no amor, perdemo-nos um no outro"- Sara

"O olhar maroto e apaixonado que me faz ter a certeza que apesar dos meus muitos defeitos sou a princesa da sua vida!"- Margarida S.

"Sou uma rapariga exigente, só me apaixono por um algo fenomenal... Algo que faça com que a vida mereça ser vivida, Que me faça sentir especial! Algo que faça com que todos os dias"- Inês C.

Parabéns aos vencedores(as) e Obrigada a todos(as) pelas participações! Foi um verdadeiro prazer ler todas as vossas frases!

E não se esqueçam- Percam a cabeça, por ele, por ela, hoje e um pouco todos os dias também!...

fevereiro 13, 2015

"Apaixonado" é o (nosso) novo estado

Ora aqui está uma ideia super gira, para este Dia de S. Valentim! "Casado”, “Solteiro”, “É complicado”, “Divorciado”, “Numa relação”… ou “Apaixonado”? No Dia dos Namorados a Frize disponibiliza uma aplicação que desafia os fãs a alterar o seu estado civil no Facebook para “Apaixonado”, e a espalhar a sua paixão com o Mundo.

Apaixonada pelo café, pela vida e por tudo o que nos faz sorrir. Se até agora o Facebook não tinha o estado que melhor caracteriza o nosso estado de espírito, Frize criou o estado perfeito para o Dia dos Namorados: “Apaixonado”, possibilitando aos utilizadores alterar o seu estado e partilhá-lo no perfil.

Para celebrar a paixão e o amor, só temos que aceder à aplicação na página de Facebook da marca (disponível de 12 a 28 deste mês www.facebook.com/FrizePortugal), inserir o nome da pessoa por quem estamos apaixonadas(os), ou qualquer outra coisa que nos apaixona (a vida, o sol, o mar, a praia, a Frize, etc…) e depois é só espalhar a nossa paixão!

fevereiro 12, 2015

OPI - Fifty Shades of Grey

E chegou hoje aquela que é, seguramente, uma das estreias de fimes mais aguardadas de sempre, na história do cinema. "As 50 Sombras de Grey" transformaram-se num fenómeno à escala mundial e fonte também de inspiração para esta nova colecção de vernizes, de edição limitada, da OPI. São 6 as cores que pretendem transmitir o mote de toda a história- Sensualidade e beleza. E são elas: 
"My Silk Tie" (Estou amarrada a este prateado tão brilhante e sedoso); "Romantically involved" (Estou num relacionamento profundo com este encarnado delicioso); "Dark Side of the Mood" (Este carvão melancólico e tormentoso é perigosamente bonito); "Shine for Me" (Este prateado reluzente tem um brilho azul subtil que me enlouquece!); "Cement the Deal" (Aceito qualquer coisa para pôr as mãos neste cinzento atraente); "Embrace the Gray" (Deixa que este cinzento elegante se funda contigo).

Escolho a "Romantically involved".

fevereiro 10, 2015

Já "Perderam a Cabeça"?

A "Por Ti Perco a Cabeça!" foi a primeira e grande descoberta de 2015 a nível de marcas nacionais. É mais um óptimo e excelente exemplo de que por cá também se fazem coisas muito giras e originais que merecem ser conhecidas, divulgadas. É também uma demonstração da ideia que defendo sempre de que o que é descomplicado é sempre o mais bonito. A ideia é, na minha opinião, brilhantemente simples, são caixas de fósforos que simbolizam sentimentos. Amor. Paixão. Uma marca feita por e para pessoas apaixonadas. 
Uma vez que vamos entrar naquele que é o mês por excelência desta "classe" na qual eu me incluo, em conjunto com a "Por Ti Perco a Cabeça!", tenho para vos oferecer 10 caixas muito, muito especiais, que existem em várias línguas, (apaixonei-me por elas ao primeiro olhar), e são elas:

"Amar é corresponder expectativas, é apostar no escuro, acender um fósforo numa sala cheia de explosivos". E este é um fósforo que, seguramente, todas(os) nós gostaríamos de acender!... Para ganharem uma delas só têm de:

1- Clicar no "gosto" das páginas de Facebook: www.babiaunica.com e da Por Ti Perco a Cabeça!;
2- Partilhar o passatempo no v/mural de Facebook;
3- Preencher este formulário até ao próximo dia 12 de Fevereiro. (As frases vencedoras serão publicadas no dia de S. Valentim, dia 14 portanto).


Muito curiosa para receber as vossas respostas!... Sendo que este "ele" ou "ela" pode não ser real, pode ainda não existir. Ou seja, este é um passatempo para pessoas apaixonadas (por natureza), não necessariamente e apenas para pessoas comprometidas. As 10 respostas mais originais, que serão escolhidas por mim e pela "Por Ti Perco a Cabeça!", ganham.

Inspirem-se e percam (um pouco, vá) a cabeça!

fevereiro 09, 2015

Princípio da Semana #28

a-li-nha-do(s)- Equilibrado(s), nivelado(s); Que se conseguiu(ram) alinhar; Colocado(s) ou localizado(s) em linha recta; Que segue(m) o formato de uma linha, que está(ão) em fila; Enfileirado(s); 

É uma palavra, um termo não muito utilizado no dia-a-dia, contudo tão importante e que me parece muito adequado à semana em questão. Pensamos muito em termos, palavras, como amor, relação, companheirismo, paixão, cumplicidade, todos queremos sentir e ter estes sentimentos em nós, na nossa vida, mas para os alcançarmos é sempre necessário existir um alinhamento, uma estabilidade interna que é fundamental, antes de embarcarmos em toda e qualquer "viagem", sobretudo naquelas que mais importância têm para nós. 

Não existe relacionamento de maior importância a alcançar do que o relacionamento connosco. Se o cuidarmos em primeiro lugar teremos então e só então a base sólida para estabelecermos outros relacionamentos saudáveis com outras pessoas. O relacionamento com o nosso corpo, com os bens materiais, com os nossos pais, filhos, amigos, com as pessoas com quem trabalhamos, com o nosso mundo, tudo isto entrará rápida e facilmente em alinhamento desde que cuidemos primeiro deste que é diário, fundamental, primário e que existe 24 sob 24h.

É certo que este alinhamento normalmente demora muito tempo a alcançar, pois surge em nós apenas quando temos a verdadeira noção de equilíbrio, de verdadeira estabilidade. Antes disso e várias vezes, ao longo da vida, vamo-nos sentindo desiqulibrados e com isso tropeçamos sucessivamente em experiências, relações sem controlo, desequilibradas portanto, depois noutra e noutra e parece-nos ser um ciclo sem fim. Faz parte do nosso processo e é assim com a maior parte de nós. Há que o aceitar.

O alinhamento surge quando pensamos e depois interagimos. O alinhamento primeiro- depois a conversa. O alinhamento primeiro- depois a interacção. O alinhamento primeiro- depois, tudo o resto. Os nossos planos pessoais funcionam melhor quando estão alinhados com um plano maior. Não tenho a mínima dúvida que assim é. O alinhamento da minha vida começa com a definição pessoal e única de quais são os meus valores, os meus objectivos, a minha ética, o meu propósito de vida, a minha missão.

O alinhamento com outra pessoa, essa "magia", surge quando duas pessoas estão lado a lado e olham para a mesma linha do horizonte, naturalmente. Quando juntas mas em separado olham com seus próprios olhos para o mesmo ponto, alinhadas com seus objectivos individuais e fitando a mesma direcção. Estas duas pessoas são seres independentes que podem e querem ser interdependentes. A interdependência nada tem a ver com a co depedencência, pelo contrário, a co dependência existe quando estas duas linhas individuais se colapsam uma em cima da outra, quando uma das linhas tem que se desconectar dos seus próprios objectivos para realizar os do outro e isto obviamente provoca desequilíbrio. Para que um relacionamento seja saudável, feliz, é imperativo existir este alinhamento, quando duas pessoas têm os seus propósitos independentes e se fundem num só, mantendo a sua independência um do outro.

Quando encontramos alguém que gostemos, devemo-nos perguntar interiormente e tentar perceber se essa pessoa esta alinhada connosco e com os nossos objectivos. Se tem os seus e se os dois juntos podem e conseguem olhar para a mesma linha do horizonte. Só assim e somando as duas independências é possível ter uma relação de crescimento individual, saudável, feliz, e que pode ir além do que podemos imaginar.

"Não procures alguém que te complete... Completa-te a ti mesmo e procura alguém que te transborde...".

Ald

Imagem © Direitos reservados

fevereiro 05, 2015

Rowenta Intelligent Team #6

O dia de S. Valentim está mesmo, mesmo a chegar e com ele a necessidade, maior ainda, de mimar aqueles de quem mais gostamos. Como tal seleccionei um conjunto de sugestões a nível de cuidados pessoais, da Rowenta, para eles e para elas. Afinal todas(os) nós queremos, que a nossa cara metade ande, sempre, o mais bonita e cuidada possível.

Para elas:
1: So Curls- Modelador de Cabelo (Pvp recomendado: 100€) 2: Eco Intelligence- Secador (Pvp recomendado: 40€); 3: Optiliss- Alisador (Pvp recomendado: 31€); 4: Derma Perfect Pro Precision- Depiladora Luz Pulsada (Pvp recomendado: 330€).

Para eles:
1: Air Force Precision- Aparador de Cabelo e Barba (Pvp recomendado: 70€); 2: Wet & Dry Precision- Aparador de cabelo e barba + corpo (Pvp recomendado: 51€); 3: Multistyle Precision Sport-  Aparador de cabelo e barba (Pvp recomendado: 68€); 4: Trim & Style- Kit multistyle 6 em 1 (Pvp recomendado: 55€).


*Escrito em colaboração com a Rowenta

fevereiro 04, 2015

Workshop de Consultoria de Imagem e de Desenvolvimento Pessoal- "Love Yourself"

Está quaaaaaase!!!
Relembro que é já este Sábado, dia 7.
Caso se queiram inscrever, mais informações aqui.

Crónicas da Inês #13

Pelo bem de todos.

Vem dos primórdios. A sociedade educou-nos a nós, homens e mulheres, que o homem tem, pelo menos, duas grandes funções numa relação com a mulher: proteger e proporcionar (ou dar, fornecer, provisionar). E é com este paradigma que crescemos e vamos observando casais à nossa volta. Homens e mulheres. As mulheres, inconscientemente (bom, algumas ainda de forma consciente…), esperam isso por parte dos homens. Que ele pague o jantar, que ele proteja o lar, que ele tenha carro e a vá buscar a casa, que ele lhe proporcione uma vida com a maior qualidade possível. E os homens, na sua vasta maioria, vivem pressionados com essas ideias e com a necessidade de corresponderem a essas expectativas. Inconscientemente, claro. Porque é inato.

Acontece que a sociedade como era, mudou. E, hoje, as mulheres ganharam uma autonomia e um crescimento que faz com que essas necessidades tenham, em parte, mutado. Porque, algumas mulheres, não precisam que o homem provisione a qualidade de vida que almejam por si só. E o que assisto, cada vez mais, é ao sucumbir de alguns homens a esta pressão. Homens intimidados que julgam não estar à altura da expectativa das mulheres que lhe aparecem na vida. 

Pois, meu caros, as expectativas das mulheres (algumas) também mudou. É tempo de entenderes que é mais importante se me abres a porta do carro ao carro que conduzes. Que o que quero é passear contigo ao sol; seja o sol da Costa da Caparica ou das Caraíbas. Que prefiro jantar ovos estrelados com salsichas confeccionados por ti, em tua casa, a levares-me a jantar ao Darwin's. Que flores colhidas no jardim valem mais que ramos de rosas da florista. E que férias no Algarve é excelente mas que tenhas a segurança de aceitar um fim-de-semana em Paris oferecido por mim.

Felizmente a sociedade cambia e evolui. E se é verdade que começam a aparecer alguns homens que relevam a génese da parte material e se focam nas relações emocionais per si e como são, também é verdade que a figura do homem enquanto “homem e pai de família” está longe de desaparecer. Pelos homens e pelas mulheres de amanhã, tenho esperança que esta diferença se atenue e amenize e o equilíbrio entre o cavalheirismo e o sustentar seja encontrado. Pelo bem de todos. Por mim. E por ti.


 Imagem © Direitos reservados
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Babi a Única © 2009-2017. All Rights Reserved | Powered by Blogger

Blog Design por The Zero Element