Princípio da Semana #17

Per·se·ve·ran·ça-. Acção ou efeito de perseverar; Qualidade do que persevera: Persistência; Firmeza; Consistência; Tenacidade; Ostinação; Pertinácia.

Perseverança, paciência e persistência são ingredientes indispensáveis para a nossa vida e para o nosso dia-a-dia. Todos nós temos um talento, podemos ter vários, claro, mas há um que é sem dúvida o nosso, aquilo em que somos muito bons e que se pode dizer que nascemos para fazer. É algo em que sobressaímos. Este talento tanto pode ser falar em público como cozinhar ou até coser meias. Já nasce connosco, é inato. Mas este talento por si só não nos faz feliz nem faz com que nos sintamos realizados. Há que trabalhar no sentido de o desenvolver, sendo ele convertido numa profissão ou não.

Todos também temos problemas e quer nós queiramos quer não, ao longo da nossa vida existirão sempre pedras e percalços no nosso caminho (às vezes muitos até). Por mais preparados que estejamos em algum momento das nossas vidas vamos perder a força e vamos sentir que estamos num beco sem saída, e isto pode acontecer num instante, num instante que pode muito bem ser um segundo. Outra grande dificuldade pela qual todos passamos é a de gerir expectativas e esperar por aquilo que queremos. Tão difícil gerir a linha (por vezes tão fininha), que separa o que queremos muito e a nossa realidade... Sentimo-nos desapontados devido a expectativas não atingidas, a coisas que nem sempre funcionam e resultam como planejamos ou sonhamos, um sem número de variáveis que nos podem fazer sentir "sem norte". Obstáculos inesperados, eventos não programados ou a ocorrência de circunstâncias fora do nosso controlo podem fazer nossos sonhos irem "por água abaixo" num instante. É incrível como tão rapidamente perdemos a esperança e como os sonhos podem desaparecer depois do desânimo. É face a estas circunstâncias que vem e surge a perseverança. Perseverança vem de perseverar, de continuar a agir e de continuar a fazer com dedicação o que nos propusemos a fazer. Não tenho a menor dúvida que a diferença fundamental entre quem alcança e não alcança vem da forma como cada um encara os seus próprios fracassos e principalmente das lições que essa mesma derrota momentânea lhes deu. "Mais importante que ganhar é completar a corrida, jamais esqueça que a vida não é composta de uma única corrida e sim de várias, perder uma não lhe dá o direito de desistir". 

Ainda que em algum momento da vida percamos tudo, nunca podemos perder o querer e o persistir naquilo que queremos verdadeiramente e naquilo que almejamos como realização pessoal, da nossa alma. O poder que existe na afirmação "eu quero", é tão grande que tudo à nossa volta conspira a nosso favor. Podemos é estar a fazer a afirmação não da maneira mais correcta ou clara, logo há, se for o caso, que trabalhar nesse sentido, mas isso não significa que não vamos obter uma resposta ao que realmente pedimos e queremos.

"Se quiser triunfar na vida, faça da perseverança a sua melhor amiga; da experiência, o seu conselheiro; da prudência, o seu irmão mais velho; e da esperança; o seu anjo da guarda". J. Addison

Imagem © Direitos reservados

CONVERSATION

1 comentários:

Back
to top