Crónicas da Inês #4

Fica longe, não te aproximes:
Fica longe, não te aproximes. Ela vai-te fazer sofrer. Eu sei que ela é magnética, que tem uma energia que te atrai como um íman, mas ela não está aí. É uma mulher bonita, independente, sensível, forte e doce, inteligente e espirituosa. Tem um sorriso que ilumina a sala e vai fazer-te rir. Muito. Mas também te vai fazer chorar. Ainda mais.
Ela quer um namorado, um marido, quatro filhos, construir uma família, uma vivenda com cerca e jardim, férias com os amigos, almoços de família ao Domingo para mais de doze pessoas. Mas tu não estás incluído.
Ela vai vibrar quando a convidares para ir a um concerto de música clássica e saltar-te para o colo de contente quando a levares a ir ver um jogo de futebol, mas é tudo superficial. Tu não a tens. Quando a levares a comer um cachorro numa rulote ou a dar um passeio junto da praia num Sábado à tarde, vai ficar balançada. Ela vai deliciar-te com as suas histórias e encher o teu dia mas tudo será uma ilusão. Vais querer apresentá-la aos teus amigos, à tua mãe, à tua irmã porque sabes que eles adorá-la-iam. Tu vais apaixonar-te e ela entreter-se contigo. Apenas.
Não chegues perto, fica quieto. O coração dela está fechado e tu não tens a chave para abri-lo. Sim, podem beijar-se, tocar-se, tomarás o corpo dela mas nunca chegarás perto da sua alma. Ela está em pedaços por dentro, vive num caos interior. Sente falta do calor da pele quente e macia, do abraço apertado daqueles em que se ouve o coração, de noites inteiras de conversa, de gargalhadas em sintonia. Mas não falo do calor da tua pele, do teu abraço, da tua conversa, ou das tuas gargalhadas.
Afasta-te, não fiques próximo. Quando pensares que a tens, ela vai fugir e nunca mais ouvirás a sua voz. Vais ficar perdido e sem rumo, implorar para que ela fique mas ela não encontrará nada para a fazer voltar.

Fica longe, não te aproximes. Ela vai-te fazer sofrer e tu não mereces.

Imagem © Direitos reservados

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top