outubro 31, 2014

"Sapphire Noir" Mary Kay

Gosto muito dos vernizes da Mary Kay. Gosto das cores, da textura, do facto dos pincéis serem super fáceis de utilizar e mais importante que tudo da durabilidade. Os que já experimentei duram-me cerca de uma semana, o que é excelente. O "Sapphire Noir" tem uma cor lindíssima (que fica bem mais gira depois de colocada) e é uma das 3 novidades da Mary Kay para esta estação pertencentes à colecção "Midnight Jewels" de edição limitada.

Preço: 11€/cada.

outubro 29, 2014

Passatempo Vichy LiftActiv Supreme

A cada dia que passa a pele do nosso rosto envelhece. Cabe a cada uma de nós travar da melhor maneira possível esta que é uma verdade irrefutável. São vários os sinais que todas nós vamos acusando ao longo do tempo, as rugas, os traços marcados, o ar cansado, a pele baça, etc...

O LiftActiv Supreme é um novo cuidado anti-idade que tem como objectivo aumentar a resistência da pele contra as agressões diárias, para melhor lutar contra os sinais de envelhecimento a longo prazo.

LiftActiv Supreme é o primeiro cuidado da Vichy que associa a tecnologia “day-proof” de forma a actuar no envelhecimento dia após dia e simultaneamente nos sinais de envelhecimento a longo prazo. Actua ao longo do dia, para prevenir os sinais diários de envelhecimento com um efeito lifting global após um mês. A pele fica com um aspecto mais liso, os traços, as marcas de fadiga e as rugas, (mesmo as mais profundas), são atenuadas, o que resulta em + 32% de firmeza.
O LiftActiv tem um pvpr de 32€ (50ml) e está disponível para pele seca e pele normal a mista.

Em conjunto com a Vichy tenho 3 LiftActiv (pele normal a mista) para vos oferecer.
Regras de participação:

1- Ser seguidora do blog através do "Google Rede Social" (Clicar onde diz "Aderir a este site", na barra lateral esquerda do blog);
2- Clicar no "gosto" das páginas de Facebook: www.babiaunica.com e da Vichy Portugal;
3-   Partilhar o passatempo no mural de Facebook;
4- Preencher este formulário até ao próximo dia 12 de Novembro. (As vencedoras serão encontrados através do sistema Random).


Nota: Podem participar as vezes que quiserem, desde que de todas as vezes preencham o formulário e partilhem o passatempo no v/mural de Facebook.  

Boa Sorte!!!

Natura Outono- Inverno 2014

A Natura está diferente. Bem diferente, Conhecida "oficialmente" como a "loja do urso", é agora muito mais do que uma loja de (apenas) roupa étnica e que também vende velas, incensos e artigos para a casa. Foi já há 18 anos que a Natura chegou a Portugal. Agora que atingiu a maioridade, apresenta-se renovada e atenta às novas tendências, sendo actualmente uma marca de moda feminina, versátil, mantendo o respeito de sempre pelo mundo que a rodeia.
Foi uma enorme e muito agradável surpresa, ter conhecido in loco a sua nova colecção que está cheia de peças e acessórios bastante originais, usáveis no dia-a-dia e até "naquelas" casiões mais especiais como, por exemplo, este vestido e este colar:
Fiquei especialmente rendida à variedade de calçado, que passa por botas, botins, sabrinas e galochas tudo a pensar nos dias mais frios que se avizinham. É fácil encontrarmos algo que gostemos numa das lojas da marca, porque afinal "há um pouco de Natura em todas nós".


Deixo-vos também o vídeo da apresentação, onde podem ver a maior parte das peças da colecção:

outubro 28, 2014

Agilis Barcelona e Bernie Mev

Recentemente fui conhecer duas marcas de calçado recentes em Portugal que se destacam pela originalidade, conforto e inovação.

A Agilis Barcelona nasceu em 2012 e em harmonia com o nome (Agilis= Ágil) incorpora uma tecnologia na sola FIR (Far Infrared Rays) que faz com quem seja um tipo de calçado com grandes benefícios e nunca antes vistos num sapato moderno e feito à mão. Este "pormenor" foi sem dúvida o que mais que conquistou na marca, o facto de cada um dos sapatos ser cozido à mão por um artesão, o que faz com que cada par tenha um carácter único.
Estes são os benefícios do calçado da Agilis:



E este foi o meu modelo preferido:

Quanto à Bernie Mev trata-se de uma nova linha de calçado que devido à sua originalidade e conforto está a ter imenso sucesso sobretudo entre as nova- iorquinas. Graças ao design e à sua "memory foam" incorporada, os Bernie Mev adaptam-se na perfeição à forma natural do pé, o que faz com que sejam perfeitos para a mulher cosmopolita, que anda sempre de um lado para o outro que gosta e necessita de conforto e ao mesmo tempo também aprecia a originalidade.
Podem consultar os pontos de venda aquiaqui.

outubro 27, 2014

Princípio da Semana #13

en·tre·ga- Acto de entregar; Rendição; Pôr em poder de (outrem); Dar posse de; Confiar; Render-se; Dar-se inteiramente a; Confiar-se; Tomar conta de.

Todos os princípios da semana são igualmente importantes, mas este é muito especial. É escrito no final de um dia que é sem dúvida dos 365 que existem no ano, o mais importante para cada um de nós. O dia em que celebramos o nosso nascimento, a nossa existência, a nossa vida. E tal como celebramos é normal que façamos um balanço de tudo o que ganhámos durante o último ano da nossa vida e por isso hoje falo de entrega.

A entrega é fundamental para sermos pessoas felizes, realizadas, de bem com a vida e sobretudo connosco próprios. A entrega vem do mais profundo que há em nós, vem da nossa essência

Quando nos entregamos a alguém, por vezes e normalmente nem temos a consciência de que isso acontece, o que por si só torna este processo mais mágico ainda. Partilhamos as nossas alegrias, as nossas tristezas, as nossas ilusões e desilusões, as nossas experiências e planos para o futuro, os nossos conhecimentos, os nossos interesses, reflexões, estados de humor e (des)amor também, numa palavra: damo-nos.
Confiamos cegamente. Na entrega não há margem para desconfianças. (e na vida em geral também não devia existir espaço para ela...).
Partilhamos a nossa vida com o "outro", enriquecemos. A entrega aumenta a nossa sensação de estar vivo e isso torna-nos mais fortes. 
Quando nos entregamos a alguém ou a algo de corpo e alma (sobretudo esta última) é um processo único e (volto a repetir) verdadeiramente mágico, pois acho que é a palavra que melhor define a entrega. Espero que a maior parte de vocês que me estão a ler saibam, entendam e sobretudo conheçam o tipo de sentimentos aos quais me refiro.

A entrega é algo que faz parte de mim como o acto simples de respirar. Entrego-me, confio, dou-me a tudo na vida a 300% (expressão que gosto muito de utilizar), não existe meio-termo e por isso tal como me entrego também recebo em igual proporção.

Sou muito abençoada (sem qualquer referência religiosa) por estar sempre a receber, SEMPRE. Por saber tão bem o que é este sentimento, por ter a "sorte", de ter as pessoas que tenho e que fazem parte de mim.
Obrigada a todos(as) vocês que são as minhas pessoas. Obrigada por todos os momentos únicos que já me deram até ao dia de hoje. Agradeço todos os dias por isso e penso que todos devíamos fazer o mesmo.

"O Amor só acontece com base na liberdade e na confiança. Quem é livre e confia não se opõe a entregar-se".

outubro 24, 2014

Sobre a Consultoria de Imagem #14

"Desafiada por uma amiga, que já tinha experimentado, decidi embarcar numa experiência nova de "limpeza de guarda- roupa". Sim, esse era o objectivo inicial.
"Teres uma imagem nova" dizia a minha amiga, ela vai ajudar-te!". Confesso que estava um pouco céptica com a experiência, até porque o vestir para mim era o que menos me importava, mas a simpatia e empatia da Babi quebrou as barreiras iniciais.

A primeira sessão (nocturna) foi para mim "a" sessão! Mais do que ver roupa (e é isso que quero destacar) e o que fica bem ou não, foi o processo de descoberta de mim mesma, de ganhar confiança com o meu corpo. Estamos sempre a pensar em emagrecer um pouco ou isso, e dei por mim a pensar que a roupa que tinha, não era a roupa para hoje. Foi roupa de ontem, de anos atrás.

E gostar de mim hoje? Não ontem, não amanha, hoje!? Hoje!
E depois de umas 4 horas de remexer no passado, vi a Rita do ontem a passar por mim, nas roupas.

Quem é ela? Já não sou essa Rita, sou outra! Uau! Que reviravolta!
Fiz novas compras e no dia seguinte, apareci diferente, mais gira, mais leve! mais Eu! 
Descobri que vestir-me, mais que uma "tarefa" (sim era o que eu pensava), é um processo criativo e divertido, quase como fazer uma nova receita na cozinha!
Todo este processo fez-me pensar que ao longo da minha vida fui abandonando esta parte, escondendo-me. É irónico, considerando que o meu desejo desde pequena era ser estilista de moda!!!!

Isto tudo foi possível porque a Babi, na sua simplicidade, generosidade e empatia, permite que o processo ocorra! Ela não força nada, apenas guia e acompanha, sugere não impõe! A todas vocês que ainda questionam se vale a pena embarcar nisto e se isto funciona, pensem que estão investir e a se descobrirem (de novo), e têm a vosso lado, uma apaixonada por ver "nascer" ou "re-nascer" novas "tu"!

Muito Obrigada Babi!"

Obrigada eu Rita, foi um prazer :)!

outubro 23, 2014

Hotel Dolce CampoReal Lisboa

Quantas vezes não nos apetece mudar de ares, ou respirar outros, sair da cidade nem que seja mesmo só durante um fim-de-semana? Muitas, imagino...

Por vezes também não o fazemos não só por uma questão monetária, mas também por uma questão de tempo. Porque associamos o ir para fora da cidade ao ir para (muito) longe. Localizado em Torres Vedras, a apenas 30m de Lisboa, o Hotel Dolce CampoReal, um resort de luxo, rodeado da lindíssima paisagem do Oeste, oferece-nos tudo o que precisamos para uns dias de puro "dolce far niente".
A pensar então no nosso merecido descanso, o Dolce CampoReal lança hoje uma campanha especial para os seus fãs no Facebook. Durante apenas 48h os fãs da página vão poder reservar a sua estadia neste hotel 5 estrelas, a um preço exclusivo de 60€ por noite.

Entre outras comodidades tais como ténis e equitação, uma magnífica piscina e um campo de golfe a perder de vista o Dolce CampoReal tem também um spa "Divine By Ritual" que conta com diversos terapeutas e tratamentos e também uma nova carta a experimentar no Restaurante "Grande Escolha" com assinatura do chef Rui Fernandes.
Para usufruírem desta oferta basta fazerem "like" na página do Dolce CampoReal  e entre hoje e amanhã fazerem a reserva, (mais informações aqui),  para os próximos meses de Novembro e Dezembro, por apenas 60€/noite em Quarto Deluxe.

*Escrito em colaboração com o Hotel Dolce CampoReal

Crónicas da Inês #5

Apeteces-me:
Tenho fome de ti. Fome de revirar os lençóis da tua cama, sentir as gotas do teu suor caírem sobre a minha pele húmida ávida do teu toque. 

Tenho vontade de ti. Vontade de sentir os nossos corpos nus descontrolados e a paixão com que as tuas mãos grandes, morenas e másculas agarram as minhas coxas brancas enquanto gemo de desejo por ti. Vontade deste sentir oblativo que nos une e faz ansiar por mais.

Tenho um peito que arde de saudade tão louca que dói, agonia, sentimento irracional que me tira o sono e me impede de dormir.  

Tenho sede do teu olhar. Olhos negros sem fundo. Sede do teu peito duro contra o meu. Das nossas línguas entrelaçadas, os teus braços compridos que se apoderam sem pudor de mim e me envolvem sem deixar sobrar pedaço do meu corpo. Cheiro de velas queimadas no ar, falar coisas sem rodeios, ficar tonta da tua intensidade, pernas que tremem, pensamentos que deambulam. 

Tenho o querer da serenidade que fica depois, corpos despidos abraçados no nada, corpo teu que é meu, arrepios na pele do calor que desvanece. 

Apeteces-me. Agora. Ontem, hoje, amanhã. Sempre. 

Imagem © Direitos reservados

outubro 20, 2014

Princípio da Semana #12


sau·da·de- (latim solitas, -atis, solidão), lembrança grata de pessoa ausente ou de alguma coisa de que alguém se vê privado; Pesar, mágoa que essa privação causa; Boas lembranças ou recordações.

Associamos muito saudade a um sentimento negativo, algo que nos pesa, que nos é doloroso. Na maior parte das vezes é-o de facto. A saudade dói, provoca contracções musculares, faz com que tudo perca a cor, faz com que o amarelo se torne em cinza, faz com que tudo nos pareça simplesmente triste.

Mas não tem que necessariamente ser sempre assim, podemos também senti-la de forma positiva, quando nos lembramos de algo da nossa infância, ou adolescência, de uma música, de um momento ou de uma paisagem que nos ficou gravada na memória por exemplo. Tudo depende da nossa forma de olhar para o que aconteceu, dado que saudade pressupõe sempre olhar para trás, mesmo que esse atrás seja ontem. Já é passado, passou, ficou. Faz parte de nós, da nossa vivência, da nossa história.

A saudade é para mim dos sentimentos mais difíceis de definir e acredito que é provavelmente dos estados mais trabalhosos de gerir internamente. Quando estamos felizes, existem os abraços, o carinho, as gargalhadas, quando estamos tristes existem as lágrimas, os desabafos, o colo de alguém, quando estamos com raiva há a vontade de ficar longe, damos uso às palavras, aos gritos mais ou menos silenciosos, quando estamos com saudade, não existe nada… Não há a presença, não existe o cheiro, o olhar, o sorriso, a voz ou qualquer proximidade do que se quer por perto e não há nada, nenhum mecanismo de resposta, dentro de nós, pronto a actuar.

Saudade é um vazio que sentimos que é preenchido pela vontade, é uma sede que não sacia, é uma fome que não acaba. Saudade é acima de tudo falta. Falta de algo, ou de alguém. Saudade é estarmos ou nos sentirmos sós e rodeados de uma presente ausência, de pensamentos recorrentes e de desejos intermináveis.

Saudade é sonhar acordado, revivendo "in repeat" aqueles momentos, aquela pessoa ou aquela situação. Saudade é parecer que o tempo passa devagar, é contá-lo e acreditar que que ele está mais lento.

Saudade é um sentimento que nos une e que liga a todos.
Todos sentimos saudade(s) de alguém, de algo, de um momento, de uma noite, de uma determinada hora, de uma gargalhada, de um toque, de um cheiro, de uma vida, de uma pele que já tivemos.

"Saudade tem rosto, nome e sobrenome. Saudade tem cheiro, tem gosto.
Saudade é a vontade que não passa. É ausência que incomoda.
Saudade é a prova de que tudo vale a pena…" Lu Oliveira


Imagem © Direitos reservados

outubro 19, 2014

Happy Days/Happy Thoughts #5

“Life is like a Carousel:
Sometimes you’re up 
and sometimes you’re down,
and sometimes you just go round and round.
Just remember to enjoy the ride!”

outubro 17, 2014

"Bom de Noz"

Entrar no Bom de Noz é como entrarmos na sala da nossa avó. Não há muitos sítios assim em que nos sentimos imediatamente "em casa", apesar de existir uma porta aberta para a rua. É impossível ficar indiferente ao ambiente, à decoração, ao espaço intimista e claro ao famoso Bolo de Noz que acaba por estar na génese do nome. A convite da Zomato, fui conhecer o espaço assim como o pequeno-almoço do Bom de Noz que tem tudo o que normalmente comemos, leite, iogurtes, sumo, pão, queijo e afins.
O pequeno-almoço é óptimo, a decoração e o espaço excelentes, mas não menos importante e de referir é a simpatia e a forma como fui recebida pela Joana, a super querida e não menos super simpática dona do espaço que quase teve que me expulsar, tal não era a vontade de ficar tarde fora!...
Eu, a Joana e a Su (a minha companheira nesta visita).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Babi a Única © 2009-2017. All Rights Reserved | Powered by Blogger

Blog Design por The Zero Element