Princípio da Semana #5

cum·pli·ci·da·de- Acto, característica ou condição de cúmplice; Em que há conivência, amizade e/ou entendimento.

É para mim o sentimento mais bonito e nem sempre fácil de atingir numa relação. Seja que tipo de relação for. Pode haver Amor sem cumplicidade, mas não existe cumplicidade sem Amor. À partida podemos pensar que a cumplicidade entre duas pessoas só se consegue com o tempo, com algum tempo e convivência. É verdade, na maior parte das vezes, é assim mas também pode acontecer uma espécie de cumplicidade quase momentânea e essa então é verdadeiramente mágica.

A cumplicidade é a maior prova de sintonia entre duas pessoas. É aquele olhar, aquele sorriso, aquele gesto, aquela brincadeira, aquela expressão, aquela frase, momento que captamos e partilhamos seja de que forma for, que somente as duas pessoas envolvidas podem entender. Da cumplicidade surgem as músicas, os filmes, os dias e noites inesquecíveis que serão sempre recordados. Através dela mostramos o quanto confiamos na outra pessoa, é uma prova de total confiança, é uma forma de parceria, afinidade que nos torna cúmplices do outro. Ser cúmplice é dividir, partilhar objectivos, sonhos, pensamentos, modos e maneiras de estar na vida. A cumplicidade exige muita entrega de ambas as partes, uma entrega que tem de ser acima de tudo natural. Não existe espaço para o medo. Não há medo.

"Essa cumplicidade, leves sorrisos, fugidios olhares, é o que me prende. Não é nem preciso que me contes dos teus caminhos, porque sei do calor que emana do teu corpo quando, no sofá, escuto o declamar de coisas que não conheço e tuas mãos correm em meus cabelos, com aquele jeito especial que é só teu. Cada fio enrolado em teus dedos é uma palavra de mim; um dizer que ofereço. Mergulho em teu olhar e o que vejo é puro prazer quando, sentindo muito além do que esperamos, as tuas mãos tocam-me nos lábios que, suavemente, com temor, deposito um beijo. Nesse instante de pura magia o coração acelera e como tudo que é mágico nos envolvemos em poesia".- (In "cartas perdidas").

 "Call it Magic when I'm with you" 
"Call it Magic when I'm next to you"

Imagem © Direitos reservados

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top